Filé de peixe ao molho de vinho

Faz tempo que uma das categorias mais visitas deste espaço não ganha um post para chamar de seu. A fim de reparar a falta, vamos retomar a seção de Culinária com uma das mais recentes incursões furtivas deste que vos escreve na cozinha nossa de todo dia: Filé de peixe Filé de peixe ao molho de vinho ao molho de vinho.

Para prepará-lo, você vai precisar de:

1 – 500g de filé de peixe (pode ser qualquer peixe, mas prefira os brancos, como pargo ou pescada, pois eles absorvem mais o sabor do tempero);

2 – 1 cebola média e dois dentes de alho, tudo bem picado;

3 – 1/2 cálice de vinho branco seco;

4 – 2 colheres de sopa de manteiga;

5 – 1 colher de sopa de salsinha bem picada;

6 – 400g de batatas

7 – Sal e pimenta a gosto.

Pra começar, pegue os filés de peixe e coloque-os numa travessa. Tempero-os com sal, pimenta e um pouco da salsinha. Se quiser e lhe apetecer, também cai bem jogar um bom azeite extravirgem por cima. Misture bem os temperos no peixe e deixe “pegando o gosto” de meia a uma hora.

Enquanto o peixe temperado vai pegando gosto, hora de passar pra preparação do molho. Pegue uma panela pequena e derreta a manteiga. Uma vez derretida, coloque a cebola e o alho e mexa até dourar. Quando estiver bem dourado, despeje o cálice de vinho e mexa bem. À medida que a mistura for engrossando, vá colocando a salsinha. O lance aqui é encontrar o ponto certo do molho. Normalmente, ele aparecerá entre 5 e 10 minutos após você despejar o vinho, cozinhando em fogo médio. O álcool terá evaporado, mas o gosto do vinho ficará lá.

Quando o molho estiver pronto, hora de preparar a travessa. Corte as batatas – ao meio se forem pequenas, em quatro pedaços se forem maiores. No meio, coloque os filés de peixe temperados e depois os cerque com as batatas. Feito isto, basta despejar o molho por cima de tudo e levar ao forno pré-aquecido por 15 minutos a 180º. No final, basta esperar entre meia hora e 45 minutos que o prato estará pronto.

Uma boa dica para saber se tudo está no ponto de ser comido é observar as batatas. Quando elas começarem a ficar douradas no meio e com aspecto de frito/queimado nas pontas, será a hora de tirar do forno.

Voilà. Uma refeição simples e, ao mesmo tempo, sofisticada, capaz de agradar aos mais exigentes paladares.

Boa refeição a todos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Culinária e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s