O que o Coronel Nascimento tem a ver com o Iraque?

Quem assistiu Tropa de Elite 2 deve lembrar de uma cena em que o – agora – Coronel Nascimento, em fúria com uma operação que ele sabia forjada, esbraveja:

“Sabe qual deveria ser o nome dessa operação?!? Iraque!!”

Não era segredo antes, não foi segredo durante, nem muito menos é segredo depois que a invasão do Iraque pelos americanos sob o pretexto de que o Saddam escondia armas de destruição em massa e estava envolvido nos atentados de 11 de setembro era conversa pra boi texano dormir. A questão era outra: petróleo. Ou, mais especificamente, o $$$ que o petróleo do Iraque poderia render para a família Bush e seus associados.

Pra quem quiser entender todos os detalhes sórdidos dessa trama macabra, recomendo assistir Fahrneheit 9/11, documentário produzido pelo Michael Moore.

No filme, é contada toda a trajetória de Bush Jr., desde a carreira fracassada como executivo do ramo de petróleo, passando pela eleição fraudada para presidente e terminando com a campanha pela invasão do Iraque após o 11 de setembro.

Em uma das passagens mais ácidas do documentário, Michael Moore explica a origem e a dinâmica das relações entre a família Bush e os sauditas – inclusive os Bin Laden:

Em outra passagem, o filme mostra Bush muito preocupado com o planejamento de guerra. Enquanto conclama “as nações do mundo para combater esses terroristas assassinos”, pede para os jornalistas assistirem a mais uma de suas tacadas de golfe:

Mais adiante, em uma passagem impagável, Michael Moore mostra todo o respaldo internacional da invasão com a formação da “Coalização dos Voluntários” (Coalition of the Willing):

Assistindo ao filme, você vai entender a razão da ironia do Coronel Nascimento.

Ps.: Não deixe também de assistir ao Tropa de Elite 2. É uma das poucas exceções que confirmam a regra de que a seqüência é sempre pior do que o primeiro filme.

Esse post foi publicado em Artes, Política internacional, Política nacional. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O que o Coronel Nascimento tem a ver com o Iraque?

  1. Dinorá Ramos disse:

    Muito legal a iniciativa do blog, Arthur! Quem diria que daquelas tardes de Sejur/Unimed regadas a chocolate crocante da Garoto sairia alguém disposto a tanto (rs)?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.