Oscar 2015

Assim como na Economia, todo ano este que vos escreve agracia-vos com algumas previsões despretensiosas sobre o maior prêmio do cinema mundial. Ao contrário das projeções econômicas, no entanto, os chutes dados na cerimônia de premiação da Academia de Holywood tendem a ser muito mais precisos. Não só porque o universo analisado é infinitamente menos complexo do que o dos fatores de produção de um país, mas também porque o Oscar tem ficado através dos anos cada vez mais previsível.

Para se ter uma idéia, na primeira vez que resolvi distribuir caneladas no Bolão do Oscar, em 2013, das 12 categorias selecionadas, o Blog acertou o vencedor de 9, um respeitável índice de 75% de aproveitamento. No ano passado, então, resolvi dobrar a aposta, estendendo para 16 a quantidade de chute. Resultado: 15 acertos, ficando o único erro em Melhor Canção Original, que ficou com Let it go, no lugar de Happy.

Na verdade, a previsibilidade do Oscar está cada vez mais relacionada à queda de qualidade das produções. Tal qual a televisão está perdendo cada vez mais espaço para a Internet, o cinema vem cedendo lugar mais e mais para as séries das TVs a cabo (HBO, Netflix e afins). Talvez por isso mesmo, a cada ano se assiste menos cinema, e as produções ficam restritas aos blockbusters do tipo pipoca, como Os Vingadores (o que, aliás, é criticado de forma magnífica em Birdman).

Sem mais, vamos aos chutes do Blog para este ano da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo de 2015:

1 – Melhor ator: Embora o favorito seja Eddie Redmayne, por Teoria de Tudo, vou arriscar Michael Keaton por Birdman. Não só pela belíssima forma com que se desincumbiu da desafiadora tarefa de interpretar a si mesmo, mas porque, como ele próprio diz no filme, é um fucking actor.

2 – Melhor atriz: Essa é barbada. Julianne Moore vai levar a estatueta por Para sempre Alice.

3 – Melhor ator coadjuvante: J.K. Simmons deve levar fácil o Oscar pra casa, embora eu preferisse o sempre perfeito Edward Norton em Birdman.

4 – Melhor atriz coadjuvante: Se dependesse de mim, a sempre menosprezada Keira Knightley levaria o prêmio pra casa por sua atuação segura em Jogo da Imitação. Mas, como minhas preferências pessoais não são levadas em consideração pela Academia de Holywood, o Oscar vai ficar mesmo com Patricia Arquette, por Boyhood.

5 – Melhor filme de animação: Normalmente eu ficaria com Como treinar seu dragão 2, por conta do lobby da Dreamworks. No entanto, dado o resultado do prêmio dos produtores, tudo indica que quem levará a estatueta será Uma aventura Lego.

6 – Melhor Fotografia: Mais uma na conta de Birdman, cuja fotografia é das melhores dos últimos tempos.

7 – Melhor montagem: Essa vai para Boyhood, pelo simples fato de que a Academia não vai deixar de premiar um filme que levou 12 anos para ficar pronto.

8 – Melhores efeitos especiais: Para não dizer que não vai levar nada pra casa, Interestelar vai ficar com a estatueta nessa categoria. E dê-se por satisfeito, pois se trata do filme mais overrated da última década.

9 – Melhor edição de som e mixagem de som: American Sniper deve levar os prêmios em ambas, já que vai ficar de mãos abanando nas principais categorias.

10 – Melhor Roteiro Original: Grande Hotel Budapeste é o favorito, mas novamente vou arriscar minha bola de cristal para cravar Birdman, que é realmente o mais original dos concorrentes à estatueta.

11 – Melhor Roteiro Adaptado: De novo I’ll go out on a limb. Enquanto todas as previsões indicam Whiplash nesse quesito, vou de Jogo da Imitação, porque a história de Alan Turing merece.

11 – Melhor figurino e Melhor Maquiagem: Dois prêmios de consolação para o Grande Hotel Budapeste, que não deve levar mais nada pra casa.

12 – Melhor canção: Uma das paradas mais difíceis esse ano. Vou chutar Glory, de Selma, sempre naquela tendência da Academia de premiar com alguma coisa um filme sobre negros para tentar apagar o seu histórico ranço racista.

13 – Melhor Direção: A maioria dos críticos chuta Richard Linklater, por Boyhood. Contudo, prefiro acreditar que a Academia seguirá a tradição segundo a qual o melhor filme leva a melhor direção. Como acho que Birdman vai levar o prêmio máximo pra casa, acredito que Alejandro Gonzáles Iñárritu deverá levar a estatueta por tabela.

14 – Melhor filme: Como antecipei na categoria anterior, acho que Birdman vai levar o Oscar pra casa. O mais seguro seria apostar em Boyhood, aquele típico filme da leva de Beleza Americana que a Academia adora escolher por ser água com açúcar e agradar a todo tipo de público. Mesmo assim, a crítica ácida e inteligente de Alejandro Gonzáles Iñárritu e Michael Keaton à pasmaceira criativa atual de Holywood não merece sair da cerimônia de mãos abanando. Confesso que essa escolha é mais sentimental do que racional, mas, como quase tudo na vida, as decisões mais complicadas são aquelas que opõem o coração à cabeça.

Segunda-feira que vem, portanto, veremos se o Blog justifica sua fama oracular ou, assim como os “çábios” do Mercado, soçobrará inapelavelmente por sua desfaçatez.

Que venha a pipoca!

Anúncios
Esse post foi publicado em Artes e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Oscar 2015

  1. Pingback: Oscar 2016 | Dando a cara a tapa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.