Fettuccine ao molho de cogumelos

Para subir o astral e iniciar o final de semana com outro ânimo, vamos à sessão mais relax deste blog: culinária.

Na receita de hoje, veremos como fazer um suculento Fettuccine ao molho de cogumelos, prato que deixa qualquer almoço ou jantar com uma “cara de chique do último”.

Para fazê-lo, você vai precisar de:

1 – 400g de Fettuccine;

2 – Dois tomates grandes pelados (pode trocar por um bom molho de tomate, se não tiver saco);

3 – 100g de cogumelos do tipo champignon, cortados em fatias;

4 – 100g de shitake (pode trocar por algum outro cogumelo mais seco);

5 – 200g de manteiga;

6 – Uma cebola ralada;

7 – 100g de presunto de parma (pode trocar por Copa);

8 – Noz moscada;

9 – Pimenta-do-reino branca;

10 – Sal;

11 – Salsinha;

12 – Conhaque (pode trocar por vinho branco ou vermute);

Com os ingredientes prontos, mãos à obra:

Derreta a manteiga na panela. Depois, coloque a cebola ralada e mexa até ficar bem dourada. Depois disso, jogue a salsa, o sal, a noz moscada e a pimenta-do-reino. Tudo a gosto. Sugiro mais ou menos uma colher de chá de cada. Misture um pouco e depois coloque os cogumelos fatiados e o shitake.

Depois de despejar os cogumelos e o shitake. Hora de cozinhar com um olho na panela e outro no relógio. Mexa tudo muito direitinho por 5 minutos. Quando os cogumelos estiverem com aspecto de “seco”, isto é, começarem a peder líquido e “murcharem”, baixe o fogo ao mínimo. Hora de colocar os tomates pelados, devidamente cortados em fatias. Mexa bem por 3 minutos. Depois, coloque o presunto de parma cortado em fatias. Mexa por 2 minutos. Quando estiver tudo bem misturado e coeso, hora de subir o fogo ao máximo. Derrame o conhaque (ou outra bebida alcoólica que esteja à mão). Continue mexendo por 2 minutos no fogo alto até todo o líquido evaporar.

Pronto. Retire a massa do forno, escorra-a e é só derramar o molho por cima dela. Se preferir, você pode ainda colocar um bom parmesão com um ralador do lado para dar um aspecto caseiro ao seu jantar, de modo que os próprios comensais coloquem o quanto queiram em seus pratos.

Só não esqueça um bom pãozinho pra acompanhar. No final, você vai ver como todo mundo vai passá-lo no prato para saborear o que sobrou do molho.

Buono appetito.

Esse post foi publicado em Culinária e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.