Pavê de biscoito champagne

Curiosamente, num blog tão diversificado, com temas que vão da política internacional aos esportes, de dicas de viagem a ciências, a culinária tem atraído bem mais adeptos do que eu pensava.

Se é assim, quem sou eu pra discordar da voz da maioria?

Já que até agora só deram o ar da graça comidas salgadas, hoje vou postar uma sobremesa. Um dos clássicos da cozinha da Izaura Maria: Pavê de biscoito champagne.

É fácil, é rápido de fazer, e é supimpamente gostoso.

Você vai precisar de duas latas de leite condensado, dois ovos, uma lata de creme de leite, açúcar, uma caixa de biscoito champagne, e um copo de leite com achocolatado (serve o velho e bom Nescau, mesmo).

Antes de começar, quebre os ovos com cuidado, para separar as gemas das claras. Muito cuidado com duas coisas: não quebrar as gemas nem deixar que as claras fiquem com algum resquíscio da gema, por mínimo que seja. Isso pode dar problemas depois.

A primeira parte é a mais díficil, digamos assim, porque é a parte em que você não pode se desconcentrar. Despeje as duas latas de leite condensado numa panela (sem manteiga, sem óleo, sem nada, por favor). Mexa constantemente para não deixar grudar nem um pedacinho no fundo. Enquanto mexe, pegue as duas gemas e “esprema-as” – isso mesmo – de modo a que só caia sobre a panela o seu “conteúdo” (aquela parte amarela). Importante: não deixe, em hipótese alguma, cair a pele que reveste a gema sobre a panela. Isso deixará a massa inteira com gosto horripilante de ovo puro. Continue mexendo até ficar uma massa consistente, mas não tanto quanto se deixa para brigadeiro. Quando a massa, digamos, começar a perder a consistência líquida do leite condensado e ficar um pouquinho mais dura, já é hora de desligar o fogo.

Despeje essa parte sobre uma travessa.

Pegue os biscoitos champagne e molhe, um a um, no copo de leite com achocolatado. Depois, vá arrumando-os por sobre a massa de leite condensado, até cobri-la por inteiro. Eles farão o “recheio” do pavê.

Por fim, pegue as duas claras e, com uma batedeira, bata-as em neve. Depois de batidas em neve, junte o açúcar (umas 2 colheres tá bom) e a lata de creme de leite. Bate novamente com a batedeira. Depois, é só despejar sobre os biscoitos champagne.

Se você for sumamente perfeccionista e se quiser, pode ainda triturar alguns biscoitos de maizena e polvilhar por cima da sobremesa. Eu particularmente não gosto, porque fica muito doce. Mas depende do gosto de cada um.

Pronto. Sobremesa pronta, leve-a ao freezer e deixe lá por umas 2 ou 3 horas. Apenas tome cuidado para não deixar muito tempo e acabar ficando empedrada.

Com a mesma receita você pode ainda variar os “recheios”. Pode colocar morangos, chocolate, enfim, o que te der na telha. Vai ficar tão bom quanto.

O único problema são as calorias. Mas nada que uma boa esteira não resolva.

Esse post foi publicado em Culinária. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.