Rolo de carne moída recheado

Para desanuviar o ambiente e sair um pouco da mesmice dessa crise nossa de todo dia, vamos hoje recorrer à seção mais visitada deste espaço: a sempre deliciosa Culinária.

E, nesse caso, para apresentar-vos uma das mais recentes aquisições da cozinha maravilhosa do Blog: o Rolo de carne moída recheado.

Rolo de carne moída recheado

Típica receita portuguesa, o rolo de carne moída recheado é a saída perfeita para quem tem um monte de ingredientes inutilizados ou prestes a vencer na geladeira e precisa dar uma destinação mais nobre a eles do que a velha carne moída assada na panela. Para prepará-lo, você vai precisar de:

1 – 500g de carne moída;

2 – 1 cebola pequena cortada;

3 – 2 dentes de alho picados;

4 – 1 ovo;

5 – 100g de queijo muçarela (ou qualquer outro que esteja na geladeira a estragar);

6 – 100g de presunto (vale qualquer presunto, suíno ou de peru, mas definitivamente não recomendo nada defumado, muito menos o peito de peru, que simplesmente não orna com a mistura);

7 – Farinha de rosca;

8 – Sal e pimenta a gosto;

9 – Um colher de sopa de azeite.

Produzir um rolo de carne é algo fundamentalmente simples. Pegue a carne moída, o sal, a pimenta, a cebola, os dentes de alho, o azeite e o ovo e coloque tudo numa tigela grande. Meta a mão na massa. Literalmente. Eu sei, eu sei, não se trata de nada agradável ao tato e o aspecto da massa misturada à mão definitivamente não colabora com a expectativa do futuro almoço. Isso, porém, é mais do que necessário. É preciso que a mistura se aglomere bastante e que, também, se espalhe de forma homogênea. Do contrário, você terá partes do rolo com gostos diferentes do restante, o que pode detonar qualquer receita.

Uma vez misturado tudo, pegue a farinha de rosca e coloque na mistura. Em regra, duas colheres de sopa rasas bastam, mas se você sentir que a massa não está firme, não é vergonha adicionar mais à sua receita. O ponto ideal é semelhante ao da massa da pizza. Tão logo ela comece a soltar da mão, já é sinal de que está no ponto.

Chegar até aqui, no entanto, é fácil. Agora é que são elas. Se misturar um monte de coisa numa tigela é algo que qualquer criança consegue fazer, esticar a carne e recheá-la para depois enrolá-la já requer uma certa habilidade. Como não há nenhum utensílio de cozinha que ajude nessa parte, só resta recorrer às suas mãos, mesmo.

Obviamente, será necessário papel-filme ou papel-alumínio para realizar essa tarefa. A escolha por um dos dois vai pelo gosto do freguês. O primeiro é mais arisco, no sentido de você conseguir esticá-lo em um formato retangular sem que ele “encolha” em alguma parte. O segundo faz isso naturalmente. No entanto, torna um pouco mais dificultoso o trabalho na hora H, de enrolar a carne moída.

Seja lá qual for a sua escolha, o que vem a seguir é fácil (ou, pelo menos, é fácil de explicar). Abra o papel-filme ou alumínio em um retângulo suficientemente grande para abrigar toda a mistura. Espalhe-a por toda a superfície, de maneira a fazer um retângulo com a massa de carne moída. A espessura fica a seu critério. Mas, quanto mais você espalhar, mais finos serão os círculos concêntricos do rolo. Consequentemente, melhor será o cozimento na hora de levá-lo ao forno.

Feito isto, é hora de colocar as fatias de queijo e de presunto por cima do retângulo de massa de carne moída. Somente depois disso chega o momento crucial: enrolar a mistura. Levante cuidadosamente uma das pontas e vá enrolando-a em direção à outra, tomando a precaução de não “quebrar” a massa nesse processo.

Se você conseguiu chegar até aqui sem dramas, já se pode considerar um vencedor; o pior já passou. Daí pra frente, é só colocar o rolo numa travessa e levá-lo ao forno por aproximadamente 30m. Para quem gosta, ainda é possível colocar um pouco de molho inglês por cima, de maneira a dar um toque diferente ao prato. Para acompanhar, salada e purê de batata são as sugestões mais indicadas.

Voilà. Um prato original, relativamente simples de fazer e que fará sucesso entre todas as idades.

Boa refeição a todos.

Esse post foi publicado em Culinária e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.