Despontando para o anonimato

Dando sequência a esta semana de one hit wonders nacionais, vamos ao early eighties resgatar um clássico dos Tempos Dourados.

Porque quase não há sessão que não recorde Reluz.

O problema é que quase ninguém se lembra de que foi Marcos Sabino o responsável pela pérola.

Fazer o quê?

Anúncios
Esse post foi publicado em Despontando para o anonimato e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.