As vantagens de um cartão de crédito internacional

Nem todo mundo tem, muita gente se embanana ao pagar, mas um cartão de crédito internacional ainda ostenta o título de um dos inventos mais úteis para consumidores de todos os estratos sociais. Além das óbvias vantagens de segurança e comodidade, comuns aos nacionais, os cartões de crédito internacionais trazem uma série de benefícios ao seu portador. Na verdade, se bem utilizado, o cartão de crédito internacional pode se revelar um poderoso instrumento para reduzir suas despesas em viagens.

Em primeiro lugar, a maior parte dos cartões de crédito internacionais lhe oferece o seguro de viagem, desde que, obviamente, você adquira a passagem aérea ou o pacote turístico através dele. Não é nada, não é nada, um seguro de viagem de 15 dias – daqueles que lhe permite obter um certificado Schengen – não sai por menos de US$ 200,00. Isso são quase R$ 500,00, muito mais do que qualquer anuidade de cartão de crédito, mesmo os top de linha.

Em segundo lugar, boa parte dos cartões oferece também o seguro contra acidentes e furtos em caso de aluguel de carro. Embora a maioria se limite a oferecê-lo aos viajantes internacionais, alguns já passaram a conceder o benefício também para quem viaja dentro do país. Um aluguel de um carro básico com ar, incluindo o seguro oferecido pela locadora, sai por baixo por uns R$ 100,00. Sem o seguro, esse valor cai 40% ou até mesmo 50%. Em uma semana, já são mais de R$ 300,00 que você economizará. Basta, claro, utilizar o cartão de crédito para pagar a locação do veículo.

Em terceiro lugar, alguns cartões mais sofisticados lhe conferem certos mimos que podem se revelar decisivos para uma incidente durante a viagem. Há determinados cartões que oferecem, por exemplo, seguro de atraso de viagem (US$ 200 se o vôo atrasar), seguro de cancelamento de viagem (US$ 2500 se algum parente próximo sofrer um acidente e você precisar voltar de urgência) e até mesmo seguro de extravio de bagagem (US$ 1500), algo infelizmente muito comum em viagens internacionais.

Evidentemente, como todo cartão de crédito, você deve ter cuidados ao manusear o cartão de crédito internacional. Não convém utilizá-lo como meio preferencial de compra no exterior, já que, além do imposto proibitivo (6,38% de IOF), você ainda está comprando o risco cambial (se houver uma desvalorização do real entre a data da compra e a do pagamento da fatura, você paga o pato). Fora isso, ignore a possibilidade de utilizá-lo para fazer saques no exterior. Além dos inconvenientes citados anteriormente, você ainda pagará tarifas altíssimas pela utilização do direito de saque.

É fato: alguns cartões de crédito possuem anuidades simplesmente boçais, incompatíveis com o orçamento apertado da nossa tão sofrida classe média. Ainda assim, a concorrência entre os bancos e as bandeiras tem aumentado muito. Isso lhe confere vantagem na hora de negociar com as operadores e/ou com seu gerente de banco. Hoje, já é bem mais comum o oferecimento de cartões de crédito sem a cobrança de anuidade, inclusive para os seus dependentes. Por isso, não hesite em perguntar e procurar a melhor oferta.

Porque economizar é preciso…

Esse post foi publicado em Dicas de viagem, Variedades e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.