A verdadeira origem dos Stones

Quase todo mundo que houve Like a rolling stone fica imaginando que a música de Bob Dylan é uma homenagem aos Rolling Stones. Não é. Na verdade, uma coisa nada tem a ver com a outra.

Bob Dylan é americano. Começou a carreira um pouco mais cedo do que os Stones, e também estourou mais cedo nas paradas. Blowin in the wind catapultou Dylan para o estrelato em 1963. Nessa época, os Stones já tocavam, mas não iam muito além dos pubs londrinos.

Em junho de 1965, Bob Dylan lançou um de seus clássicos: Like a rolling stone. A música não tem nada de amor. Na verdade, é bem soturna e sombria. Conta a história de ressentimento, vingança mesmo, de um cara por uma patricinha que o rejeitara. A mulher cai em decadência, vai às ruas, e o sujeito que canta parece que tira onda: “Eu te disse, eu te disse“. Por isso, no refrão, Dylan pergunta à pobre coitada:

How does it feel? How does it feel?

(Como é sentir-se [assim]? Como é sentir-se [assim]?)

To be on your own?

Estar por sua própria conta

With no direction home?

(Sem caminho para casa?)

Like a complete unkonw?

(Como uma completa estranha?)

Just like a rolling stone?

(Como uma pedra a rolar?)

Já no final, Dylan insinua que a mulher teve que virar prostituta. Um sujeito chega perto dela, provavelmente pra oferecer dinheiro, e Dylan aconselha:

Go to him now, he calls you, you can´t refuse

(Vá para ele agora, ele chama, você não pode recusar)

When you´ve got nothing you´ve got nothing to lose

(Quando você não tem nada, você não tem nada a perder).

You´re invisible now, you´ve got no secrets to conceal

(Você é invisível agora, você não tem mais segredos a ocultar)

Já os Stones, cantando em pubs londrinos, só vieram a estourar nas paradas de sucesso três meses depois de Like a rolling stone ser lançada. Em agosto de 1965, o andrógeno e multifacetado Mick Jagger aparecia em todas as paradas e programas de TV dizendo: I can´t get no satisfaction.

Muito tempo depois, os Stones resolveram gravar Like a rolling stone. Era quase uma paródia com eles mesmos. A versão final, na minha opinião, ficou bem superior à original do Dylan. É claro, o estilo é diferente. Dylan canta folk, os Stones cantam o velho e bom rock ´n roll. Mesmo assim, a despeito de trocar estrofes, engolir palavras e ter uma das dicções mais esquisitas do mundo do rock, a versão com Mick Jagger nos vocais parece encaixar melhor na letra melancólica de Like a rolling stones.

Pra quem quiser tirar a prova dos 9, vão aí embaixo as duas versões. Primeiro, a do Bob Dylan:

Agora, a versão dos Stones:

Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A verdadeira origem dos Stones

  1. Pingback: As 10 melhores músicas internacionais de todos os tempos | Dando a cara a tapa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.