Um ano dando a cara a tapa

Pois bem, meus amigos. Parece que foi ontem. No dia 18 de janeiro de 2011, estreava para o mundo este pequeno espaço de pensamentos vãos e reflexões distraídas.

Como forma de comemorar a data, estes três últimos dias da semana serão dedicados a fazer um balanço deste primeiro ano do Dando a cara a tapa.

Avesso a redes sociais, o autor aceitou, depois de muita insistência, participar do Twitter. Depois de algum tempo, ficou claro que este que vos escreve jamais conseguiria reduzir seus pensamentos ao limite de 140 caracteres. Era necessário um espaço maior, onde minha mente não ficasse presa às amarras de quem não tem tempo de ler mais do que algumas poucas palavras. Sim, o objetivo deste espaço, desde sempre, era fazer com que seus leitores perdessem tempo (no bom sentido, é claro).

O nome foi escolhido intencionalmente. Dono de opiniões polêmicas, o autor acreditava piamente que a exposição pública de seus pensamentos seria um convite ao tapa dos visitantes. Depois de um ano, pode-se dizer que as críticas foram pequenas. O que conduz a uma de duas conclusões: ou minhas opiniões não são assim tão diferentes das dos demais (interessante); ou o fato de ser o “dono” do espaço inibe de certa forma a crítica alheia (não tão interessante). Em que pese ainda não ter concluído entre uma das duas, prefiro acreditar que a primeira hipótese reflete melhor a realidade.

Com “O que une Cid Gomes a Sobradinho“, iniciou-se a saga de mais de 1.000 post até o momento. Quem acompanhou o desenvolvimento do blog nesse primeiro ano pôde observar como uma idéia mal ajambrada acaba por se arrumar pelo simples exercício. Nascido com posts esporádicos, sem qualquer seqüência lógica entre eles, o blog foi evoluindo até chegar à aparência que tem hoje. Depois de algum tempo, Pensamento do dia, Trilha Sonora do Momento, Despontando para o anonimato e Pra desopilar foram sendo incorporadas ao blog, na condição de seções permanentes, com atualizações diárias. Junto com um post verdadeiramente digno do nome, essas 4 formam a estrutura do Dando a cara a tapa.

Embora ainda esteja longe do ideal, hoje é possível ao visitante buscar posts por categorias (20), facilitando o acesso à informação. Quem quiser, pode fazer o registro e receber, por email, as atualizações do blog, evitando as visitas para saber das novidades. Neste ano de 2012, surgiram como novidades a nuvem de tags (mais de 150 so far) e a possibilidade de compartilhar os posts em redes sociais ou por email, bastando para isso clicar no botão “Compartilhar”.

Em política, costuma-se dizer que ninguém é candidato de si mesmo. Adaptando o pensamento, diria eu que ninguém é blogueiro de si mesmo. Não adianta escrever algo que não vai ser lido por ninguém. Se fosse assim, melhor seria ficar em casa falando para as paredes.

Salvo da esquizofrenia pelos visitantes deste espaço, não me resta senão agradecer aos que vêm, de quando em vez, perder um pouco do seu precioso tempo lendo estas mal alinhavadas linhas. É pra vocês que este espaço foi criado.

Muito obrigado.

O Autor

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Um ano dando a cara a tapa

  1. Ana O. disse:

    Parabéns! Vida longa ao blog!

  2. Kellyne disse:

    Posso dizer que, ao longo deste ano de blog, pude reforçar algumas opiniões, ver o contraponto de outras e aprender algo de alguns assuntos sobre os quais não sabia nada. E por isso sempre vale a pena continuar voltando! Faço minhas as palavras de Ana: vida longa ao blog! bjos
    p.s.: também adoro do pooh, talvez por causa do urso que tenho que aqui em casa (aquele que mostrei pra vocês na foto, lembra?) hehehe

  3. Patrícia disse:

    Parabéns…oba…oba…quanta felicidade!” A mais longa jornada começa com um único passo” (Lao Tsé).

  4. Teresa Cristina disse:

    PARABÉNS!

    …de uma leitora que näo perdeu o tempo lendo esse ilustrativo blog , mas principalmente hoje salvou e ajudou a passar minhas horas monótonas , por ter ficado o dia toda em casa, decorrente do calor insuportável que fez hoje aqui na Alemanha.O termômetro marcou entre 38° e 40°, recorde que näo tínhmos desde a 23 anos.
    Continue sempre assim, um espaço dinâmico , variado e bem atual.

    Bis bald

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.