Pataniscas de atum

Faz tempo que não rola nenhuma receita por aqui. Para não desapontar à maioria dos visitantes inopinados deste espaço, que em regra vêm parar aqui por conta da sempre apreciada seção de Culinária, vamos a um dos clássicos da Cozinha Maravilhosa do Blog: as deliciosíssimas Pataniscas de atum.

Pataniscas de atum

Herdeira da melhor tradição lusitana, as pataniscas são uma espécie de mini-panqueca. Geralmente elas vêm na sua variante de bacalhau, bem ao gosto dos nosso patrícios. No entanto, como o bacalhau é um peixe com gosto muito acentuado, que nem sempre agrada aos paladares mais delicados, o atum acaba sendo a escolha perfeita para quem quer agregá-las ao seu cardápio. E, para quem tem crianças em época de introdução alimentar em casa, trata-se da forma mais fascinante de englobar uma imensa variedades de alimentos nutritivos numa apresentação atraente e, ao mesmo tempo, muito saborosa.

Para preparar as pataniscas você vai precisar de:

1 –  2 latas de atum em azeite (se possível, dê preferência aos filets, mas, se não tiver, pode ser o ralado mesmo);

2 – 1 ovo;

3 –  Meio limão siciliano;

4 – 1 cebola média inteira;

5 – 2 dentes de alho;

6 – 1/2 maço de cheiro verde;

7 – 1/2 xícara de farinha de trigo com fermento;

8 – 2 colheres de sopa de azeite bem cheias;

9 – Sal e pimenta a gosto.

Para preparar, é muito fácil. Primeiro, pegue um multiprocessador. Retire o azeite das latinhas de atum, deixando só o peixe para colocar na mistura. Esprema meio limão siciliano dentro, depois introduza todo o resto: a cebola, os dentes de alho, o cheiro verde, a farinha de trigo, o azeite, o sal e a pimenta. Depois, basta bater no processador até que se forme uma massa uniforme. Duas dicas: se estiver muito “mole”, coloque um pouco mais de farinha; se estiver muito “dura”, coloque mais um pouco de azeite. A consistência ideal fica a meio caminho entre a massa de bolo e a massa de panqueca.

Feito isto, basta depois colocar na fogão uma frigideira anti-aderente. As mais finas, do tipo especial para panquecas, normalmente caem melhor para a tarefa. Aqueça a frigideira um pouco. Quando estiver aquecida, pegue uma colher de sopa e vá colocando a mistura nela. O tamanho vai ao gosto do freguês, mas, se a idéia for fazer o prato para crianças, é melhor deixar mais ou menos do tamanho da colher de sopa “espalhada” em forma redonda, como se fosse uma mini-panqueca. Desse jeito, dá pra fazer até quatro unidades ao mesmo tempo.

Outro segredo importante reside justamente nesse ponto. Não deixar queimar qualquer dos lados é, por óbvio, essencial. Mas como adivinhar o ponto da patanisca? Simples: observe a massa na frigideira e, quando começarem a aparecer pequenos buraquinhos, está na hora de virar a massa. Espere igualar a fritura do lado contrário e voilà: estão prontas as pataniscas de atum.

A receita é bem leve e agradará decerto os paladares mais apurados. O acompanhamento pode ser um velho e bom e purê de batata (ideal para os miúdos). Mas, se quiser, pode também servir com uma saladinha básica que não fará feio. De resto, basta aguardar os elogios que virão ou, ainda melhor, o sorriso de satisfação do seu filho ao saborear uma refeição feita especialmente para ele.

E, convenhamos, não há preço que pague isso, não é verdade?

Anúncios
Esse post foi publicado em Culinária e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Pataniscas de atum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.